Recursos

Sobre Economia e Gestão
83 recursos encontrados

Legislação Portuguesa
Economia Social e Solidária
Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local
Lisboa

O presente parecer decorre da consulta efetuada pela Animar, Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local no sentido de ser esclarecida a obrigatoriedade ou não da aplicação das regras do Código dos Contratos Públicos (CCP) ao universo das suas associadas pessoas colectivas.

Economia Social e Solidária
Comercialização e Produção Local

Deceto-lei do Conselho de Ministros que cria o Fundo para a Inovação Social, de apoio inanceiro às PME's e entidades da Economia Social implementadoras de Iniciativas de Inovação e Empreendedorismo Social.

Assembleia da República
Lisboa
Legislação Portuguesa
Economia Social e Solidária
Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local
Lisboa

Ao que estão legalmente obrigadas as entidades da economia social, cooperativas, associações e fundações no que respeita ao Registo Central de Beneficiário Efectivo.


Cidadania e Participação
Exclusão Social e Luta Contra a Pobreza

A tendência dos últimos anos é de diminuição do peso dos ordenados e salários no Produto Interno Bruto (PIB). Por isso, tem aumentado o número de trabalhadores em risco de pobreza. Há um trabalhador pobre em cada 10 trabalhadores e cerca de 13% a 15% de trabalhadores por conta de outrem auferem o salário mínimo nacional.

CES - Centro de Estudos Sociais Universidade de Coimbra
Coimbra
Economia Social e Solidária
Intervenção Comunitária

O presente relatório aborda dois dos desafios determinantes do século XXI: assegurar a sustentabilidade ambiental e transformar em realidade o sonho do trabalho digno para todos. Mostra não só que é urgente resolver estes dois grandes problemas, mas também que eles estão intimamente ligados e devem ser tratados em simultâneo.

Organização Internacional do Trabalho
Lisboa
Direitos Humanos
Exclusão Social e Luta Contra a Pobreza

Estudo da OIT sobre a evolução do desemprego (2007/2008) em resultado da crise mundial.

Organização Internacional do Trabalho
Lisboa
Cidadania e Participação
Coesão Social

A diminuição do desemprego e a criação de emprego são dois dados oficialmente referidos como sinais da retoma da economia, do fim da crise e do sucesso do programa de ajustamento. Na realidade, o mercado de trabalho português encontra-se numa situação depressiva sem precedentes e sem perspetivas de recuperar a prazo.

CES - Centro de Estudos Sociais Universidade de Coimbra
Coimbra
Laboral/Sindical
Economia e Gestão

Este trabalho faz a apresentação detalhada de dois modelos: Complementariedade entre Actividades e Agrupamento de Empreendedores, contextualizados política, económica teórica e socialmente. Resulta do Projecto e-Changue, que testou aqueles modelos de organização do trabalho, num quadro de transição.

Edição de autor
Montemor-o-Novo
Laboral/Sindical
Economia e Gestão

Segundo um diagnóstico muito difundido, Portugal acumulou grandes dívidas e défices externos porque a sua economia perdeu competitividade em consequência do aumento excessivo dos salários. Deste diagnóstico decorre que a solução para o reequilíbrio das contas externas seria a redução dos salários e dos impostos pagos pelas empresas que sobre eles incidem.

CES - Centro de Estudos Sociais Universidade de Coimbra
Coimbra
Coesão Social
Laboral/Sindical

Este Caderno do Observatório sobre Crises e Alternativas tem como objetivo principal clarificar o lugar da desvalorização interna na lógica do resgate português, avaliar as suas consequências e delinear possíveis alternativas.

CES - Centro de Estudos Sociais Universidade de Coimbra
Coimbra
Cidadania e Participação
Laboral/Sindical

O mundo do trabalho está a mudar profundamente, numa altura em que a economia global não está a criar um número suficiente de postos de trabalho. A OIT estima que os números do desemprego mundial atingiram os 201 milhões em 2014, um número superior em mais de 30 milhões ao que existia antes do início da crise global em 20081.

Organização Internacional do Trabalho
Lisboa
Cidadania e Participação
Laboral/Sindical

As profundas transformações políticas, económicas, sociais e culturais, decorrentes de dois momentos históricos recentes - o 25 de Abril de 1974 e a adesão à Comunidade Económica Europeia, em 1986 - trouxeram consigo alterações na racionalidade das políticas públicas, em geral, e nas de emprego, em particular.

CES - Centro de Estudos Sociais Universidade de Coimbra
Coimbra
Cidadania e Participação
Laboral/Sindical

Dissertação de Mestrado em Economia e Administração de Empresas.
"A presente dissertação tem por objetivo testar se existem diferenças salariais significativas entre trabalhadores temporários e restantes trabalhadores, dando seguimento à análise pioneira de Böheim e Cardoso (2007) que se debruçaram sobre o tema para o caso português no período 1995-2000.

Universidade do Porto
Porto
Cidadania e Participação
Exclusão Social e Luta Contra a Pobreza

No panorama Económico Mundial verifica-se cada vez mais mudanças socioeconómicas com influência sobre o funcionamento do mercado. Nos últimos anos, o mercado de trabalho tem passado por várias transformações, desde processos de inovação tecnológica, alterações nos processos produtivos, mudanças das estruturas organizacionais e nos postos de trabalho, assim como na Gestão de Recursos Humanos (GRH).

ISCTE - Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa
Cidadania e Participação
Laboral/Sindical

O principal objetivo do estudo é o de reunir num único documento informação atualizada sobre o mercado de trabalho em Portugal e nos países europeus.

Edição de autor
Montemor-o-Novo
Cidadania e Participação
Laboral/Sindical

De acordo com estimativas recentes publicadas pela Organização Internacional do Trabalho, todos os anos, 2,78 milhões de trabalhadores morrem devido a acidentes de trabalho e doenças profissionais (2,4 milhões dos quais devido a doenças) e 374 milhões de trabalhadores são vítimas de acidentes de trabalho não fatais. Estima-se que os dias de trabalho perdidos, a nível global, representam quase 4% do PIB mundial, atingindo os 6%, ou mais, em alguns países (Hämäläinen et al., 2017; Takala et al., 2014).

Organização Internacional do Trabalho
Lisboa
Cidadania e Participação
Exclusão Social e Luta Contra a Pobreza

Relatório sobre a evolução da contratação colectiva de trabalho em 2018, realisado pelo Centro de Relações Laborais, organismo público colegial, constituído por quatro
representantes do Ministério do Trabalho Solidariedade e Segurança Social (responsável pela área laboral), um representante de cada uma das associações patronais com assento na Comissão Permanente de Concertação Social, e dois representantes de cada uma das centrais sindicais com assento na mesma Comissão (CGTP e UGT).

Governo da República Portuguesa
Lisboa
Economia Social e Solidária
Cidadania e Participação

Realidades como a generalização da deslocalização de unidades produtivas, a polarização do emprego, associada ao crescimento das formas atípicas de trabalho, bem como os imperativos crescentes de adaptação às novas condições de competitividade global têm vindo a levantar sérios desafios às lógicas tradicionais de produção e de organização das relações laborais.

Governo da República Portuguesa
Lisboa