header mobile

Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres

5 5

Votação deste artigo: 1 Votos

Associações e coletivos feministas organizam ações Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres.

 

25 de Novembro - Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres

A SEIES está envolvida na organização de uma ação conjunta de várias organizações feministas - Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres, que integra uma  concentração simbólica no Rossio em Lisboa (entre as 17h e as 20h) e uma campanha online, com a publicação nas vossas redes sociais de uma  fotografia e/ou mensagem, colocando a hashtag #stopViolênciaMachista.

No 25 de Novembro iniciam-se os 16 dias de Ativismo Contra a Violência de Género que vão até ao dia 10 de Dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos, data em que a Declaração Universal dos Direitos Humanos foi adotada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 1948. Declaração 

O desafio que lançamos é que cada organização/entidade pública ou privada  se junte ao projeto europeu da iniciativa do Conselho da Europa Mobiliza-te Contra o Sexismo! que visa divulgar a Recomendação do Conselho da Europa Rec (2019)1 Prevenir e combater o sexismo através da campanha Sexismo: Repare nele, Fale dele, Acabe com ele! Em Portugal  a PpDM (Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres) é quem está a implementar o projeto.

A recomendação histórica do Conselho da Europa fixou a primeira definição jurídica internacional de sexismo: “qualquer atitude, gesto, representação (…), prática ou comportamento baseado no pressuposto de que uma pessoa ou grupo de pessoas é inferior em razão do sexo, que ocorra na esfera pública ou privada”.

O kit da campanha inclui os seguintes suportes de comunicação:
- Banner da campanha;
- Vídeo (traduzido em muitas línguas, incluindo o português);
- Conjunto de mensagens temáticas associadas ao lema da campanha. Cada uma delas é acompanhada por uma imagem sobre o mesmo;
- Teste para avaliar se é sexista;
- Página do Projeto

Sugestões de como podem dinamizar esta campanha na sua organização/entidade:
- Difundir as mensagens e imagens associadas via redes sociais , e outros meios de comunicação internos e/ou externos;
- Divulgar no site institucional;
- Entregar/enviar mensagens as/os trabalhadoras/es;
-  Dinamizar conversas, debates, tertúlias, workshop, webinares …;
- Trabalhar com crianças e jovens esta temática;
- Afixar mensagens da campanha da sua organização ou na sua comunidade;
- Aplicar o teste - sou sexista?
- Colocar o banner da campanha na assinatura dos mail´s e/ou na capa do Facebook durante os 16 dias.
- E o que a criatividade vos trouxer …

Página web da PpDM /Projeto

Página internacional do projeto

Informação para a operacionalização da campanha

Para cada dia, encontra a mensagem e imagem a publicar. Em relação aos posts no Instagram, podem colocar as imagens e o texto nas vossas páginas ou ir à página da PpDM e partilhar o que já foi publicado pela PpDM, em formato story.

O dia e a  hora são o ideal, num desenho de plano de marketing, mas se não conseguirem seguir o proposto, publicam quando vos for possível e o que acharem por bem, divulgar.

A SEIES e a PpDM estão ao vosso inteiro dispõe para esclarecer dúvidas, apoiar no que for preciso.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Cerimónia para assinalar o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres conta com a participação Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade

A Rede Violência Zero no próximo dia 25 de Novembro irá realizar uma cerimónia para assinalar o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres que contará com a participação de Rosa Monteiro, Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade. Esta rede regional inclui os concelhos de Belmonte, Covilhã e Fundão, conta com 24 membros e é coordenada pela CooLabora.

A sessão decorrerá online e será transmitida em directo através do Facebook da CooLabora. Contará na abertura com intervenções de Paulo Fernandes, Presidente da autarquia fundanense; Regina Gouveia, Vereadora da autarquia da Covilhã; Graça Rojão Presidente da CooLabora. Em seguida haverá intervenções dos membros da rede Violência Zero.

No final da sessão serão partilhadas cinco histórias que marcaram a intervenção desta Rede nos últimos 10 anos, trazidas pelo ACES, Centro Hospitalar da Cova da Beira, GNR, Centro de Emprego e PSP,

Este momento tem como objectivo reforçar e dar maior visibilidade ao trabalho em parceria que tem sido realizado e contribuir para sensibilizar a comunidade face a este fenómeno que atenta contra os direitos humanos basilares.

 

Imprimir

 

Financiado Por

financiadores02financiadores03financiadores04

Redes e Parcerias

Parceiro1 CasesParceiro2 RipessParceiro3 CNESParceiro4 ComunaCarta Portuguesa para a Diversidade