Debatidos os principais desafios para o Alentejo 2030

11/03/2021 |
Debatidos os principais desafios para o Alentejo 2030

Promovido pela Terras Dentro - Associação para o Desenvolvimento Integrado, decorreu no dia 9 de Março de 2021 o Webinar “Principais Desafios para o Alentejo 2030”

Este Webinar teve como objetivo refletir e debater os principais desafios que o Alentejo tem pela frente na próxima década e perceber que estratégias definir conjuntamente para contribuir para o desenvolvimento da região.

O evento teve como oradores Magda Porta, especialista em avaliação de políticas públicas de desenvolvimento rural e António Covas, professor catedrático da Universidade do Algarve. A moderação esteve a cargo de Luís Chaves, coordenador da Federação Minha Terra

Da intervenção de Magda Porta, destacam-se alguns tópicos:
- Relevância do papel dos GAL (Grupos de Ação Local), no contributo para desenvolvimento dos territórios;
- Avaliação dos DLBC não demonstra a realidade do trabalho desenvolvido, pelos GAL, nos territórios;
- O futuro do Desenvolvimento Local alinhado com as estratégias a montante (Europeia, Nacional Regional, Local)
- Importância de um posicionamento mais central das ADL /GAL nas políticas públicas dos territórios rurais;
- Animação dos territórios como elemento diferenciador /abordagens participadas,
- Redes de trabalho para assegurar os sistemas de governança no futuro BLBC:

A intervenção de António Covas, centrada no Programa Operacional Regional na próxima década;
- Introduz o conceito de Comunidades de Riscos/imprevisíveis;
- Sugere que o Programa Operacional Regional inclua as três seguintes dimensões/eixos:
- Eixo transversal onde se inclui: cidades inteligentes; literacia digital, economia circular, envelhecimento ativo e saudável e rede ecológica municipal;
- Eixos Setoriais: comunidades locais de energia; programas de eficiência energética; cuidados de saúde e serviços de proximidade
- Eixos verticais: modernização digital das fileiras tradicionais; transferência digital; rejuvenescimento empresarial;

Carolina Barrocas, Dinamizadora Regional_Alentejo_Algarve