header mobile

Academia de Ativismo – Da Inspiração à Ação

5 5

Votação deste artigo: 1 Votos

A Animar - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local, a Fundação Friedrich Ebert Portugal e a Associação EcoGerminar lançaram no dia 19 de maio de 2020, a iniciativa Academia de Ativismo, sob o mote “Da Inspiração à Ação”. Esta academia tem como principal objetivo consciencializar e formar jovens adultos para um ativismo e participação ativa nas suas comunidades, na defesa de causas locais e globais.

 

Em resultado da atual pandemia, esta irá decorrer em formato online entre os dias 25 de junho e 10 de julho, e será aberta a 25 jovens de todo o país, entre os 18 e 25 anos, com inscrições gratuitas, e com base num processo de seleção criterioso através da motivação demonstrada no preenchimento da candidatura. Este será um espaço de formação e ativação de causas, onde as experiências de ativistas e empreenedores sociais(1) irão potenciar o desenvolvimento de ideias transformadoras da nossa sociedade, nas diferentes áreas temáticas em discussão: Ambiente e Alterações Climáticas, Discriminação Étnico-Racial e Direitos de Migrantes, Feminismo, Habitação e Direito à Cidade e Participação e Cidadania Europeia.

As candidaturas estão abertas até ao próximo dia 8 de junho, e @s jovens interessad@s, poderão encontrar mais informações nas páginas das entidades promotoras bem como na página no Facebook da iniciativa.

Esta é uma iniciativa que conta com o apoio do Corpo Europeu de Solidariedade e do Programa Operacional de Inclusão Social e Emprego do Portugal 2020, no âmbito do projeto Capacitar para Agir em Rede.

Contactos para esclarecimentos:
Ana Sofia Almeida - Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. (+351) 919947431
Christine Auer - Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.  (+351) 963538757     
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

[1] Em ordem alfabética: Ana Bragança (WikiEditorasLx), Anabela Rodrigues (Grupo Teatro do Oprimido LX), António Bello (Just a Change), Bruno António (DYPALL), Carolina Salgueiro Pereira (Sathyam Project, TippingUp, HeForShe, SDGAction), Catarina Rodrigues (RTP, Chicas Poderosas), Claraluz Keiser (Transeuropa Caravans, PerdiACasa), Diogo Silva (Climáximo, 2DegreesArtivism), Francesco Rocca (Impact HUB, É p’ra amanhã), Hugo Menino (SPEAK), Janice Fernandes (Grupo Teatro Ami Afro, Associação Faiasca), Miguel Duarte (HuBB), Vittoria Caltafamo (Refugee4Refugees), Tila Cappelletto (WikiEditorasLx, FRIDA, Festival Feminista de Lisboa)

 

Financiado Por

financiadores02financiadores03financiadores04

Redes e Parcerias

Parceiro1 CasesParceiro2 RipessParceiro3 CNESParceiro4 ComunaCarta Portuguesa para a Diversidade