header mobile
  • Início
  • Noticias
  • Centro Comunitário do Landal vai iniciar obras para prevenir deslizamentos de terras

Centro Comunitário do Landal vai iniciar obras para prevenir deslizamentos de terras

Votação deste artigo: 0 Votos

No dia 27 de Julho de 2017, nas Instalações do Centro Comunitário do Landal, decorreu a assinatura do Contrato de Financiamento do Programa de Equipamentos Urbanos de Utilização Colectiva Subprograma 2.

 

landallandal1

Estiveram presentes; os representante da Direcção-Geral das Autarquias Locais o Secretário de Estado das Autarquias Locais Carlos Miguel e o Subdirector-geral António Edmundo Freire Ribeiro, o representante da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo o Vice-Presidente José Pedro Neto, o Presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha Fernando Tinta Ferreira e os representantes do Centro Desenvolvimento Comunitário do Landal o Presidente da Direcção José Manuel Paz e o Tesoureiro José Carlos Ferreira da Silva.

O presente contrato visa o financiamento para a execução da obra designada por “Regularização da Envolvente, no Centro de Desenvolvimento Comunitário do Landal.

Os deslizamentos de terras e a queda de árvores que ocorrem no Inverno, originam a instabilidade das zonas de acesso aos nossos Equipamentos desportivos/culturais/sociais, a nossa grande preocupação de momento é a zona de acesso ao Centro de Dia do Centro de Desenvolvimento Comunitário do Landal, que coloca em perigo os utentes, colaboradores, comunidade e o próprio edificio.

Assim, com o fim de prevenir e garantir segurança a todos, o Centro de Desenvolvimento Comunitário do Landal apresentou candidatura para Comparticipação de Equipamentos Urbanos de Utilização Colectiva ao abrigo do despacho MCOTA Nº 7187/2003 publicado em 11 de Abril – SUB-PROGRAMA 2.

O projecto consiste na construção de um Talude de Gabiões e de suporte de terras a poente, consolidando-o com uma adequada drenagem e camada de enrocamento sobre manto geotextil. Simultaneamente decorrerá a reabilitação do muro existente a Norte que confronta com a estrada municipal, rebaixando a sua altura, refazendo os seus remates de topo e corrigindo parte dos rebocos de pintura para que tenha solidez para suportar as terras existentes, visto que o muro a construir será mais elevado.

Este projecto surgiu da necessidade de prevenir e garantir a segurança dos utilizadores dos nossos equipamentos desportivos/culturais/sociais e para evitar também problemas ambientais, derivado a futuros deslizamentos/desabamentos causados pelo assoreamento e pela fragilidade do solo.

Transformar uma fraqueza numa vantagem é o nosso intuito ao fazer esta obra, estamos a edificar uma vantagem benéfica para todos. 

 

Redes e Parcerias

Parceiro1 CasesParceiro2 RipessParceiro3 CNESParceiro4 ComunaCarta Portuguesa para a Diversidade

Financiado Por

financiadores01financiadores02financiadores03financiadores04