header mobile

COMPASS – Manual para a educação para os Direitos Humanos com jovens

0 5

Votação deste artigo: 0 Votos

compassTítulo: COMPASS – Manual para a educação para os Direitos Humanos com jovens
Autor: Matia Losego, Dínamo - Associação de Dinamização Sócio-Cultural (coordenação)
Edição: Conselho da Europa
Ano: 2016
624 páginas
©2016 Dínamo - Associação de Dinamização Sócio-Cultural para a tradução em Língua Portuguesa

“Os valores centrais e as abordagens subjacentes ao COMPASS mantêm-se válidas. O COMPASS deverá continuar a ser:

Suficiente: Quem o utiliza irá encontrar tudo o que precisa para iniciar e explorar a Educação para os Direitos Humanos com jovens.
Pronto a usar: As atividades propostas não precisam de mais recursos nem de preparações muito demoradas.
Atual para os e as jovens: As atividades e temas dos Direitos Humanos são fácil de relacionar com as preocupações e pontos de vista das e dos jovens adolescentes e no início da idade adulta.
Prático e experiencial: Todas as atividades incluem sugestões para ação e envolvem as e os participantes em mais do que simples processos cognitivos.
Adequado para educação formal e não-formal: Praticamente todas as atividades podem ser realizadas em ambientes escolares e nas salas de aulas; algumas adaptações poderão ser necessárias, especialmente, no que diz respeito, à duração, mesmo se estas foram desenvolvidas a partir do modelo de educação não-formal.
Adaptável: Todas as atividades podem ser adaptadas ao contexto, ao grupo e à sociedade em que são implementadas. As sugestões para as variações ajudam a equipa de facilitação na criação das suas adaptações.
Um ponto de partida: Quem quiser saber mais irá encontrar uma panóplia de sugestões e de recursos para aprofundar temas específicos ou para aprender mais sobre Direitos Humanos.
Genérico e holístico: O COMPASS pode ser usado para todos os temas relacionados com os Direitos Humanos e em qualquer nível de conhecimento das e dos aprendentes, baseando-se numa abordagem da aprendizagem inclusiva e holística que integra valores, atitudes, competências e conhecimento.

O COMPASS foi escrito para todas as pessoas que se interessam pelos Direitos Humanos e querem envolver-se na Educação para os Direitos Humanos. Não foram feitas suposições sobre a experiência passada no ensino ou na facilitação de atividades e é dado um apoio na implementação das atividades, na sua adaptação e desenvolvimento de acordo com as necessidades dos e das aprendentes e das circunstâncias práticas. Há uma secção especial com dicas para professores e professoras.”

(In Introdução à nova versão do COMPASS)

 

Recomendamos

Financiado Por

financiadores02financiadores03financiadores04

Redes e Parcerias

Parceiro1 CasesParceiro2 RipessParceiro3 CNESParceiro4 ComunaCarta Portuguesa para a Diversidade