header mobile

Justiça entre gerações - perspetivas interdisciplinares

0 5

Votação deste artigo: 0 Votos

JUsticaTítulo: Justiça entre gerações - perspetivas interdisciplinares
Autor: Jorge Pereira da Silva e Gonçalo de Almeida Ribeiro (coordenação)
Edição: Universidade Católica
566 páginas

A demografia da sociedade portuguesa tem levado a um progressivo envelhecimento da população. A distribuição de recursos entre gerações torna-se, em consequência, mais visível. E informalmente a discussão sobre a “justiça” entre gerações das políticas públicas vai surgindo. Frequentemente essas discussões assentam em visões parcelares e percepções nem sempre bem informadas.

Pensar em gerações significa olhar para lá do ano em que se está, ou dos poucos anos que constituem a memória mais recente. Dois temas ligados à importância das gerações são a mobilidade económica e social e a justiça intergeracional do nosso quadro de funcionamento enquanto sociedade e das políticas públicas que nele são definidas.

A mobilidade económica e social, ou a falta dela, numa sociedade, é sentida como um elemento da justiça social. Igualdade de oportunidades não é unicamente mobilidade económica e social, mas pouca mobilidade económica e social será normalmente associada com ausência, ou pelo menos problemas, na igualdade de oportunidades. As perguntas centrais que surgem naturalmente quando se fala de mobilidade económica e social em Portugal são: qual o grau de mobilidade económica e social existente na sociedade portuguesa? Aumentou ou diminuiu? E como compara com os nossos parceiros da União Europeia?

Excerto do prefácio do livro, por Pedro Pita Barros

 

 

Recomendamos

Financiado Por

financiadores02financiadores03financiadores04

Redes e Parcerias

Parceiro1 CasesParceiro2 RipessParceiro3 CNESParceiro4 ComunaCarta Portuguesa para a Diversidade