header mobile

Mobilidade social em Portugal

0 5

Votação deste artigo: 0 Votos

Mobilidade-social-em-PortugalpdfTítulo: Mobilidade Social em Portugal
Autores: Teresa Bago d’Uva e Marli Fernandes
Edição: Fundação Francisco Manuel dos Santos
Ano: 2018
84 páginas

Nos últimos anos os aspectos de desigualdade económica e social ganharam forte atenção. A igualdade de oportunidades, em termos económicos e sociais, parece ser colocada em causa pelos chamados 1% (mais ricos) e seu distanciamento face ao resto da sociedade.
A mobilidade económica e social, ou a falta dela, numa sociedade, é sentida como um elemento da justiça social. Igualdade de oportunidades não é unicamente mobilidade económica e social, mas pouca mobilidade económica e social será normalmente associada com ausência, ou pelo menos problemas, na igualdade de oportunidades.
O entendimento mais comum, embora não único, do que é mobilidade social pode ser descrito como a posição social e económica dos pais não determinar a posição social e económica dos flhos. Assim, o conceito de mobilidade social remete‑nos para uma dimensão temporal medida em gerações, não em rendimento ou riqueza anual.
A sua análise recai com naturalidade sobre aspetos como a riqueza ou o rendimento (e salários, por estar informação sobre estes disponível com alguma facilidade), como a educação e ocupação profssional.
Tomando uma abordagem de tempo longo na evolução da sociedade, as perguntas centrais que surgem naturalmente: são qual o grau de mobilidade social existente na sociedade portuguesa? Aumentou ou diminuiu? E como compara com os nossos parceiros da União Europeia?

(in Prefácio)

 

Recomendamos

Financiado Por

financiadores02financiadores03financiadores04

Redes e Parcerias

Parceiro1 CasesParceiro2 RipessParceiro3 CNESParceiro4 ComunaCarta Portuguesa para a Diversidade