header mobile

Flexisegurança: o melhor de dois mundos?

0 5

Votação deste artigo: 0 Votos
Desde algum tempo que a União Europeia reconhece a necessidade de se adaptar aos desafios como a globalização, o progresso tecnológico acelerado e as transformações demográficas. Paralelamente, existe uma consciência crescente de que é necessário preservar o Modelo Social Europeu que se baseia no compromisso entre a prosperidade económica, coesão social e solidariedade, sistema de saúde e educação acessíveis a todos, uma vasta e fiável rede de segurança social e diálogo social.

O conceito de «flexisegurança», («flexicurity», em inglês), traduz o esforço para conciliar a protecção do trabalhador com um nível de flexibilidade do mercado de trabalho que permita às empresas obter ganhos consistentes de competitividade e produtividade. Este modelo é originário da Dinamarca e é visto actualmente como sendo a resposta para o dilema que se coloca à União Europeia de como manter e aumentar a competitividade, a par da preservação do Modelo Social Europeu.

Desde algum tempo que a União Europeia reconhece a necessidade de se adaptar aos desafios como a globalização, o progresso tecnológico acelerado e as transformações demográficas. Paralelamente, existe uma consciência crescente de que é necessário preservar o Modelo Social Europeu que se baseia no compromisso entre a prosperidade económica, coesão social e solidariedade, sistema de saúde e educação acessíveis a todos, uma vasta e fiável rede de segurança social e diálogo social.

A flexisegurança é uma tentativa de unir estes dois objectivos fundamentais. Combina um mercado de trabalho mais flexível, onde a protecção contra o despedimento, por exemplo, é relativamente baixa, com uma boa protecção social, oferecendo maiores benefícios ao desemprego, o que torna a transição de um posto de trabalho para outro menos penoso. Paralelamente a isto, a flexisegurança promove políticas de emprego e de formação pró-activas que encurtem o período entre empregos.

Este modelo tem sido promovido como oferecendo o melhor dos dois mundos, combinado numa única estratégia, as aparentemente divergentes necessidades das empresas e dos trabalhadores.

 

Recomendamos

Financiado Por

financiadores02financiadores03financiadores04

Redes e Parcerias

Parceiro1 CasesParceiro2 RipessParceiro3 CNESParceiro4 ComunaCarta Portuguesa para a Diversidade