header mobile

Intervir para a igualdade entre Mulheres e Homens no Trabalho e na Vida

0 5

Votação deste artigo: 0 Votos
Título: Intervir para a Igualdade entre Mulheres e Homens no Trabalho e na Vida Metodologias de Intervenção para a Igualdade entre Mulheres e Homens nos Locais de Trabalho - Narrativa de Prática bem Sucedida
Autor: CESIS / CGTP-IN
Edição: Agir para a Igualdade
Ano: 2006

O objectivo central da boa prática é a construção de acções positivas para a efectivação da igualdade entre mulheres e homens nos locais de trabalho, nomeadamente, através da negociação de protocolos com as empresas e organizações, que garantam a igualdade no acesso ao emprego, eliminação das discriminações salariais entre mulheres e homens no desempenho das mesmas funções e uma nova cultura organizacional que valorize, integre e implemente os princípios da igualdade de oportunidades.
O carácter inovador da prática implica uma metodologia de diagnóstico sistemático sobre a problemática da igualdade de género nas empresas e organizações e a negociação directa de um protocolo de acordo. Esta negociação envolve os actores determinantes, ou seja, os sindicatos e os responsáveis das empresas e organizações.

Que Problemas a Prática Visa Resolver ?
As mulheres continuam a ser um grupo discriminado no mercado de trabalho. No acesso ao emprego a mulher continua a ser preterida a favor do homem, mesmo que se encontre em igualdade de valências. Questões como a gravidez e a maternidade são obstáculos ao acesso ao mais elementar direito: o trabalho.
A mulher continua a ser “encaminhada” discriminatoriamente, para profissões menos qualificadas e com menores possibilidades de evolução na carreira.
A mulher é quase ignorada nos níveis profissionais iguais ou superiores a quadros intermédios, sendo, no caso de dirigentes, irrelevante a sua presença. Assim, esta prática visa a valorização do papel e da importância do contributo para a economia, das mulheres nas empresas e organizações, através da eliminação das discriminações directas e indirectas e, por outro lado, aproveitar o potencial de competências das mulheres trabalhadoras e proporcionar a melhoria do ambiente de trabalho.

IntervirParaIgualdade

 

 

 

 

 

 

Recomendamos

Financiado Por

financiadores02financiadores03financiadores04

Redes e Parcerias

Parceiro1 CasesParceiro2 RipessParceiro3 CNESParceiro4 ComunaCarta Portuguesa para a Diversidade