header mobile

Perit@s de Experiência - Guia de Apoio Formativo

0 5

Votação deste artigo: 0 Votos

Código

CD8.2 Formação

N.º/Ref.

5

Suporte

CD

Ano

2007

Autor

Projecto DiverCidade

Editora

Projecto DiverCidade

Local

Amadora

Notas

O conceito de “Perito/a de Experiência” e de “Tandem” têm origem em 1988, no Centro de Formação De Cirkel, isto porque havia uma consciência crescente dos/as trabalhadores/s e dos/as políticos/as da existência dum “missing link” (Elo Perdido) entre pobres e não pobres, e do facto que os/as pobres são um parceiro chave para resolver esta ruptura. A Bélgica e em especial a região da Flandres foi pioneira a nível mundial a reconhecer que a participação dos/as próprios/as pobres é necessária para que a luta contra a pobreza seja eficiente. Desde aí a ideia de participação nunca mais abandonou o discurso social da luta contra a pobreza. No quadro do Curso de Pós-graduação do EQUAL em 2003/2004 no ISCTE foi descrita a figura de “Perito/a de Experiência” no Documento1 “A Parceria DE Peritos/as de experiência e Técnicos/as no processo de empowerment e na construção da resiliência”, tendo como estudo de caso o trabalho no Moinho da Juventude. As sinergias, e não o acaso, trouxeram em 2005 responsáveis do De Link para o Moinho da Juventude. Em Setembro de 2007, a responsável do “De LINK” escreve: “No Moinho, desde os anos oitenta, todos os projectos são construídos pelos “pobres/migrantes” a todos os níveis! Ali vive aquela cultura, de forma que o Perito/a de experiência é para o Moinho uma evidência. Isto proporciona que percebem rapidamente os textos e as ideias do “De Link”. Deste modo, enquanto parceiro privilegiado a Associação Cultural Moinho da Juventude (ACMJ) em conjunto com a Parceria de Desenvolvimento do projecto DiverCidade, no âmbito da Iniciativa Comunitária EQUAL, propôs uma adaptação do Curso de Perito/a de Experiência do De Link à realidade portuguesa. A finalidade principal consiste na introdução desta formação e metodologia no nosso país, bem como o reconhecimento formal das capacidades dos imigrantes e seus descendentes e pessoas de etnia cigana, na perspectiva da pobreza e exclusão social.

 

Recomendamos

Financiado Por

financiadores02financiadores03financiadores04

Redes e Parcerias

Parceiro1 CasesParceiro2 RipessParceiro3 CNESParceiro4 ComunaCarta Portuguesa para a Diversidade