header mobile

Jovens sensibilizados sobre a prostituição (Diário As Beiras, 9/3/2019)

0 5

Votação deste artigo: 0 Votos

A autarquia e O Ninho realizaram ontem, no auditório municipal, o seminário “E se fosse contigo?”, que abordou o tráfico de mulheres para a prostituição, no qual foi feito o balanço das atividades realizadas nas escolas do concelho.

“O balanço é extremamente positivo. Acima de tudo, sentimos que os jovens estão muito sensibilizados para a questão da prostituição e já há uma mudança de pensamento”, afirmou ao DIÁRIO AS BEIRAS Pedro Araújo, da associação O Ninho.

A Associação Fernão Mendes Pinto, por seu lado, presta apoio às prostitutas do IC1, oito portuguesas, quatro romenas e duas brasileiras. “Há prostitutas de outros pontos do país que procuram a Figueira da Foz” por existir um programa de proteção da mulher e entrega de material contracetivo e de prevenção de doenças, afirmou David Sousa, coordenador da equipa. A fase seguinte incidirá na prostituição em apartamentos.

Um caso já é de mais

Os serviços sociais da autarquia têm vindo a reforçar as ações de sensibilização sobre o tráfico de seres humanos e a exploração de mulheres por redes de prostituição. “A situação local não é preocupante nem alarmante. Mas basta haver um caso para ser demais. É por isso que temos incentivado que exista uma lógica de prevenção”, defendeu o vereador Nuno Gonçalves.

J.A.

 

Recomendamos

Financiado Por

financiadores02financiadores03financiadores04

Redes e Parcerias

Parceiro1 CasesParceiro2 RipessParceiro3 CNESParceiro4 ComunaCarta Portuguesa para a Diversidade